NÃO

Você tem dificuldade de dizer NÃO? Abro meu bloco de notas para compartilhamos o quão difícil é dizer essa palavra de apenas três letras, tão forte.

Você tem dificuldade de dizer NÃO? Você já disse sim querendo dizer não? Quando e qual foi a última vez que você disse não a alguém ou uma situação?

Esse não é um texto sobre as decepções de ouvir um não. Aqui, abro meu Bloco de Notas para compartilharmos o quão difícil é dizer essa palavra de apenas três letras, um tom tão forte e que só é negativo, se o seu olhar também for. Dependendo do ponto de vista – o seu ponto e de mais ninguém – o não pode ser muito positivo, acredite!

O não é um ato de amor…

… as vezes para com o outro, mas, principalmente, amor próprio. É escolher fazer aquilo que te faz bem, é ter autoestima o suficiente para escolher a si. Lembre-se, você só precisa da sua própria aprovação para escolher caminhos da sua própria vida.

Sinceramente, o não vai doer, mas é libertador. O não pode ser a perda de uma oportunidade, mas também é uma enorme porta para um caminho novo e, quem sabe até mais certo. Um caminho que você escolheu. O não é parar de inventar desculpas e dizer a verdade do fundo do seu coração. O não é recusar uma proposta que você sabe que te fará mal. Pode até ser que você queira ajudar ao seu próximo, mas tem horas que você precisa se priorizar. Não se sinta culpad♡, não se sabote em um mar de culpa!

Já parou para pensar no que te impede ou impediu de dizer não?

Pode ser medo de não ser compreendido ou de ser criticado. É difícil mesmo que o outro entenda suas razões, mas está tudo bem, porque as vezes dizer não pode parecer egoísmo, quando, na verdade, é autocuidado. Eu sei, é uma linha tênue e é por isso que dizer não é um nível de maturidade e inteligência emocional profundo. É equilíbrio e – acredite! – eu e você conseguimos alcançá-lo!

E sabe, se a pessoa que ouviu o seu não se sentiu incomodada com o seu posicionamento, deixe que ela se resolva com a sua intolerância. Do outro lado, as vezes ouvir não também é necessário.

Se você me perguntar…

Recentemente passei por duas situações completamente diferentes em que escolhi dizer não. Uma na vida afetiva, outra na profissional. O primeiro foi um não que eu já sabia que ia me trazer ainda mais dor. Um do tipo “eu quero fazer isso, eu posso fazer isso comigo sim, mas na verdade: não, vou parar por aqui, obrigada”. E doeu, doeu intenso escolher dizer para quem amo que não quero mais vê-lo, nem conversar, nem se quer ter mais notícias dele. Só que nessa mesma proporção veio também um alivio de ansiedade, angústia e de noites mal dormidas. Doeu porque eu não queria fazer aquilo, mas em um impulso muito bem pensado (digamos assim), eu precisei dizer e disse. Nesse episódio, demorei quatro meses para conseguir entender que o não tinha que ser dito e sair da zona de conforto foi extremamente desconfortável, mas precisei sair.

O segundo foi uma proposta profissional e dizer não me distanciou de um extra na minha renda que me aproximaria de um sonho, mas me livrou de ansiedade, angustia e de noites mal dormidas também. Esse não doeu, mas fiquei apreensiva de dizer e decepcionar outras pessoas. Um não que demorei quatro dias para entender que precisava dizer e continuar no equilíbrio que me encontro agora. Nesse momento, não sair da zona de conforto, foi preciso.

E não importa se foram “nãos” certos ou errados, o que importa é que fiz isso por mim, para mim e comigo mesma. Ambos me trouxeram paz, já que o não foi a única forma de seguir em frente – mesmo que um dia tenha que voltar atrás, quem é que sabe? E está tudo bem.

Voltando a você…

Espero que a esse ponto do texto, você já tenha percebido o que você precisa dizer não em sua vida. E é exatamente isso que desejo para você: nãos com sabedoria e amor. Sabe por quê? Porque dizer não é um direito meu, seu e não tem problema nenhum em dizer, então diga!

(4) Comentários

  1. Juliana diz:

    Muito inspirador! Passei ANOS da minha vida sem saber dizer não. Hoje já me sinto à vontade para alguns nãos, mas ainda tenho um longo caminho pela frente!

    1. Um passo de cada vez, certo? Sempre temos o que evoluir e aprender a cada dia mais sobre autoamor, autocuidado e auto-respeito. Maturidade e inteligência emocional é exatamente estar dispost♡ a evoluir!

  2. Andréia Cristina diz:

    Dizer NÃO é respeitar a si mesmo.

    1. Essa frase é perfeita! Obrigada por me lembrar sempre!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *