Sobre julgar… Calma! Esse texto não é lição de moral

Sobre julgar. Não é fácil não julgar quem está o mais próximo de nós e nos causam qualquer tipo de sentimento, e é difícil engolir ser julgado por alguém.

Por que a gente julga tanto? Desde sempre aprendemos que não se pode julgar ninguém pelos seus atos e, não sei vocês, mas eu continuo julgando mesmo sabendo que é errado. É fácil demais falar que ninguém merece ser julgado. É fácil conseguir não julgar uma pessoa que está longe e não interfere na nossa vida. Só que não é nada fácil não julgar quem está próximo de nós e nos causam qualquer tipo de sentimento. É difícil engolir ser julgad♡ por alguém. E é mais terrível ainda quando os julgados ou julgadores são autores da nossa dor, raiva ou decepção.

Eu julgo, você julga, eles e elas julgam, nós julgamos. O tempo inteiro…

Julgamos nossos pais porque tomam decisões que nos afetam. Julgamos nossos chefes porque dizemos que não são bons líderes. Julgamos noss♡s ex por não terem sido quem prometeram ser. Julgamos noss♡ melhor amig♡ por nos abandonar no pior momento da nossa vida. Julgamos colegas de trabalho porque sempre somos mais injustiçados. Julgamos clientes ou pacientes porque… “aff sabe”. Julgamos os amigos por tomarem decisões diferentes de nós. Julgamos pessoas conhecidas porque são aproveitadoras que só nos procuram quando querem algo. Julgamos quem não gostamos só porque a energia não bate.

E sabe de uma coisa? Você e eu já fomos os julgad♡s por essas pessoas também. Não me resta dúvida de cada um que eu pensei o nome enquanto escrevo, já me julgou e muito. E dói ser julgad♡, não doí? Dói confiar segredos e desabafos há alguém e essa pessoa jogar na sua cara quando tudo dá errado. Dói ser chamado disso ou daquilo. Dói quando alguém se mostra superior a nós e nos coloca no chão. Machuca quando alguém julga nossa relação com outra pessoa, nossa entrega no trabalho ou qualquer uma das nossas decisões.

E sabe o que é pior? A gente se julga o tempo inteiro também. Porque poderíamos estar em um emprego melhor, porque conseguimos afastar de nós um lindo amor ou melhor amig♡ , porque não valorizamos o suficiente enquanto tínhamos um lindo amor ou melhor amig♡ ou um ótimo emprego. Porque não aproveitamos a vida o suficiente, porque fomos atrás demais ou de menos. Porque não estamos sempre disponíveis para ajudar quem amamos, porque as vezes não conseguimos fazer mais por quem amamos. Porque estamos ocupad♡s demais com o trabalho, porque não temos tempo para nada. Porque não conseguimos realizar um grande objetivo ou sonho, porque estamos fazendo o que acreditamos ser errado e queremos continuar nesse barco, porque somos orgulhos♡s ou porque nos humilhamos. Porque estamos comendo e bebendo demais, fazendo dieta demais ou exercícios demais ou de menos… é gigante a lista do quanto nos julgamos, não é?

Mas calma, não pare de ler…

… esse texto não é uma lição de moral para não julgar, mas vim compartilhar que tenho feito um exercício toda vez que me vejo julgando ou sendo julgada e isso tem me ajudado a me livrar de um peso.

Percebi que quando julgo alguém me causa mais desgaste emocional do que para a pessoa julgada. E ai eu paro e penso: para que preciso me desgastar mais além de todos os sentimentos que esse ser humano já me causa? As vezes é melhor parar de tentar entender o motivo e o porquê das atitudes e das renúncias do outro. E quando sou julgada, coloco um limite para aquela pessoa e penso até onde ela vai na minha vida? Até onde a opinião dela realmente faz sentido para mim? E toda vez que me julgo, me pergunto: o que eu quero fazer de diferente? Se não quero fazer nada, então preciso aprender a assumir minhas escolhas.

Notei que quando julgo ou sou julgada, isso me afasta das pessoas que mais amo. Já me afastou muito em diferentes episódios da vida e não quero mais que isso aconteça com as pessoas que ficaram. Me afasta de mim mesma. E não significa que nunca mais julgarei ou permitirei me chatear por ser julgada, mas o exercício que eu tenho feito é compreender o outro como o primeiro passo para atrair compreensão para mim mesma. Entende o que eu quero dizer? Eu sigo tentando entender dia após dia e está tudo bem.

(4) Comentários

  1. Juliana diz:

    Exercício necessário! É um trabalho diário esse de aprender sobre julgar e ser julgado. Amei o texto!

    1. Aprendendo dia após dia! Obrigada Ju <3

  2. Julgar de menos, deixar o outro viver a vida dela e prezar pela nossa saúde mental!

    1. Isso ai, sempre pensando na saúde mental! <3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *